Os sistemas operacionais modernos Linux/Windows possuem diversas ferramentas interessantes para você analisar um possível problema na sua rede ou até mesmo na nossa rede. Começaremos uma série de matérias aqui no blog abordando algumas que usamos, qualquer sugestão é bem vinda.

Ping

Ping ou latência como podemos chamar, é um utilitário que usa o protocolo ICMP para testar a conectividade entre equipamentos. Seu funcionamento consiste no envio de pacotes para o equipamento de destino e na “escuta” das

respostas. Se o equipamento de destino estiver ativo, uma “resposta” (o “pong”, uma analogia ao famoso jogo de ping-pong) é devolvida ao computador solicitante.
fonte: wikipedia.com


Ping Servidor Windows Windows

  1. Abra o menu “Iniciar” e busque por “CMD“, aperte enter.
  2. Uma tela de console deve aparecer para você. (Ex:
  3. Digite “PING SEU IP“, ex: ping 108.162.205.196

serversoftPing

Ping Sevidor Linux Linux  

  1. Abra seu console SSH
  2. Digite “PING SEU IP“, ex: ping 108.162.205.196

serversoftPingLinux

Afinal, o que é Ping?

Ping ou latência como podemos chamar, é um utilitário que usa o protocolo ICMP para testar a conectividade entre equipamentos. É um comando disponível praticamente em todos os sistemas operacionais. Seu funcionamento consiste no envio de pacotes para o equipamento de destino e na “escuta” das respostas. Se o equipamento de destino estiver ativo, uma “resposta” (o “pong”, uma analogia ao famoso jogo de ping-pong) é devolvida ao computador solicitante.

O autor da ferramenta, Mike Muuss, deu a ele este nome pois lembrava o som que o sonar emitia.1 (Depois Dave Mills arrumou um significado para a sigla, “Packet Internet Grouper (Groper)”, algo como “Procurador de Pacotes da Internet”)

A utilidade do ping para ajudar a diagnosticar problemas de conectividade na Internet foi enfraquecida no final de2003, quando muitos Provedores de Internet ativaram filtros para o ICMP Tipo 8 (echo request) nos seusroteadores. Esses filtros foram ativados para proteger os computadores de Worms como o Welchia, que inundaram a Internet com requisições de ping, com o objetivo de localizar novos equipamentos para infectar, causando problemas em roteadores ao redor do mundo todo.

Outra ferramenta de rede que utiliza o ICMP de maneira semelhante ao ping é o Traceroute.

A saída do ping, e seus primos, geralmente consiste no tamanho do pacote utilizado, o nome do equipamento “pingado”, o número de seqüência do pacote ICMP, o tempo de vida e a latência, com todos os tempos dados emmilissegundos.

Abaixo um exemplo de saída quando pingamos o servidor wikipedia.com:

Avatar

admin

1 resposta para “Ping, como saber se um servidor está on-line”

  1. […] Teste a conexão com PING […]

    Responder

Deixe seu comentário