Single Blog

OTserv, como medir o lag do seu servidor usando MTR

08/12/2015, Written by 0 comment

O MTR é uma poderosa ferramenta de diagnóstico de rede que combina a funcionalidade dos utilitários traceroute e ping em uma única ferramenta, permitindo que os administradores possam diagnosticar e isolar erros de rede e fornecer relatórios úteis de status da rede. Para Windows existe o projeto WinMTR, disponível em http://winmtr.net/download-winmtr/.

Vamos aos passos para instalação e utilização do WinMTR no Windows:

 

Passo 01 – Download:
http://winmtr.net/download-winmtr/

 

Passo 02 – Instalação:

Você vai ter um arquivo .zip que contém duas pastas WinMTR-32 e WinMTR-64. Ambos contêm dois arquivos: WinMTR.exe e README.TXT. Basta extrair o WinMTR.exe para sua plataforma (32 ou 64 bits) e clicar para executá-lo. Se você não sabe qual a versão que você precisa, basta clicar sobre ambos os arquivos e ver qual delas funciona. Como você pode ver, WinMTR não requer esforço de instalação.

Dica: Você pode copiar o arquivo WinMTR.exe em Windows/System32, e após isso, ele ficará acessível através da linha de comando – cmd!

 

Passo 03 – Utilização:

WinMTR pela interface gráfica:
Inicie o WinMTR;
Escreva o nome ou IP do host (por exemplo, google.com, 8.8.8.8);
Pressione o botão Opções para configurar o tamanho de ping, saltos máximos e intervalo de ping (os padrões estão OK);
Pressione o botão Iniciar e aguarde;
Copie ou exporte os resultados em formato texto ou HTML. Isto é útil se você desejar documentar ou registrar uma reclamação com o seu ISP;
Clique em Limpar Histórico para remover os hosts que você verificou anteriormente.

1_WinMTR-main-window

 

WinMTR na linha de comando:

Execute winmtr –help para ver as opções disponíveis:

2_WinMTR-cmd-window

 

Execute winmtr hostname (e.g. winmtr www.yahoo.com):

3_WinMTR-cmd-trace-window

 

Instalando o MTR no Linux:
Para instalar o MTR no Linux, basta digitar o seguinte comando (de acordo com sua distribuição):

Ubuntu/Debian:
apt-get install mtr

CentOS/Fedora:
yum install mtr

Para executar o mtr:
mtr dominio.com.br

Start: Fri Oct 10 13:37:14 2015
HOST: localhost Loss% Snt Last Avg Best Wrst StDev
1.|– 192.168.11.1 0.0% 10 1.3 1.3 1.2 1.8 0.0
2.|– 192.168.1.2 0.0% 10 0.3 0.2 0.2 0.3 0.0
3.|– 333.333.333.1 0.0% 10 1.2 2.5 1.1 7.8 2.5
4.|– 444.444.444.1 0.0% 10 2.6 3.0 2.4 5.0 0.6
5.|– 555.555.555.200 0.0% 10 27.8 4.1 1.3 27.8 8.3

Para interromper o programa em execução, pressione a tecla Q.

Como rodar o mtr em Report Mode:
Você pode rodar o mtr para apenas gerar um relatório sobre um host. Rode o mtr com a opção –report ou -r. Por padrão, o mtr realiza 10 ciclos de análise (cada ciclo corresponde a 01 segundo) e finaliza sua execução automaticamente. Veja alguns exemplos logo abaixo:

Forma estendida do comando:
mtr –no-dns –report otpanel.com

Forma resumida do comando:
mtr -n -r otpanel.com

Usando 30 ciclos de análise:

Forma estendida do comando:
mtr –no-dns –report-cycles 30 –report otpanel.com

Forma resumida do comando:
mtr -n -c30 -r otpanel.com

Segue abaixo o significado de cada coluna no relatório do mtr:

Loss%: mostra a perda, em percentual, dos pacotes, a cada ciclo
Snt: exibe o número de pacotes enviados (sent)
Last: latência do último (last) pacote enviado
Avg: latência média (average) de todos os pacotes
Best: mostra o tempo de viagem (Round Trip Time) mais curto da origem ao destino
Wrst: mostra o pior tempo de viagem da origem ao destino (worst RTT)
StDev: provê o desvio padrão (Standard Deviation) das latências para cada host

Fonte: http://winmtr.net/how-to/

admin

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *